Organização Mundial do Turismo pede solidariedade ante restrições anticovid – Estado de Minas

A Organização Mundial do Turismo (OMT) pediu “unidade” e “solidariedade” diante das novas variantes de covid-19, depois que vários países estabeleceram restrições que ameaçam a recuperação do setor turístico.

A “unidade é necessária para a retomada do turismo”, afirmou o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, na abertura da 24ª assembleia geral da agência das Nações Unidas com sede em Madri, que pretende debater o momento do turismo mundial.

“A solidariedade entre países tem caracterizado a nossa resposta comum à crise de saúde”, declarou Pololikashvili, antes de destacar que tal gesto “é mais importante hoje do que nunca, pois nossos colegas na África enfrentam os desafios de uma nova variante”.

Muitos países suspenderam voos procedentes do sul da África ou até fecharam suas fronteiras, para tentar evitar a propagação da variante ômicron, identificada pela primeira vez na África do Sul.

As restrições foram criticadas pelo governo sul-africano, que considera o país discriminado, mas também pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que avaliou que “a proibição geral de viagens não impedirá a propagação internacional” da ômicron.

Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *